Marcio Maia

Co-fundador & Pesquisador - We Care.Fitness

O que é Internet das Coisas? E como pode ajudar sua academia!

Estamos vivenciando uma explosão na quantidade e diversidade de dispositivos computacionais. Entenda como a Internet das Coisas está mudando a interação do homem com as máquinas e como capitalizar essa mudança na sua academia.

Estamos vivenciando uma explosão na quantidade e diversidade de dispositivos computacionais. A convergência desses dispositivos de computação com a Internet permitiu a criação da Internet das Coisas (Internet of Things – IoT).

Para as academias de ginástica, a IoT emerge como uma importante ferramenta para monitoramento dos alunos e dos treinos. Os dados gerados por equipamentos e dispositivos vestíveis (wearables) permitem que professores monitorem seus alunos, entendam a qualidade de execução dos treinos permitindo que ações individualizadas possam ser tomadas para maximizar os objetivos atingidos. No final, a IoT é um mecanismo de engajamento para alunos e professores.

Os dispositivos da Internet da Coisas

Os dispositivos da Internet das Coisas vão além dos tradicionais computadores pessoais, celulares e tablets. Eles estão também embutidos nos objetos do nosso cotidiano, como televisores, aparelhos de som, geladeiras ou ar-condicionados.

Uma característica importante de tais dispositivos é a capacidade de estarem conectados à Internet e acessíveis para as aplicações. Por exemplo, é comum hoje um aplicativo rodando em um celular ser capaz de controlar um ar-condicionado, uma luz ou uma televisão.

Na IoT, objetos do mundo físico, como eletrodomésticos, dotados de capacidade comunicação e computação são conhecidos como objetos inteligentes. Tais objetos são utilizados para a construção de casas, prédios e até cidades inteligentes, carros autônomos, agricultura inteligente ou sistemas de saúde e bem-estar inteligentes.

Nas academias de ginástica, a computação está embarcada nos aparelhos inteligentes, criando mecanismos para que os celulares dos usuários se conectem com tais aparelhos e possam monitorar o exercício. Outro exemplo de objetos inteligentes são as pulseiras inteligentes fornecendo informações sobre batimento cardíaco durante o treino. Essas informações podem depois ser utilizadas para melhorar a prescrição e o acompanhamento do treino.

Venha conosco entender como a Internet das Coisas pode ser utilizada na sua academia!

Mas afinal, o que é Internet das Coisas?

Define-se Internet das Coisas como qualquer objeto com capacidade de processamento e comunicação conectado à Internet. Da forma mais simples, a IoT abrange tudo conectado à Internet, definindo objetos que “conversam” entre si.

A IoT é composta de dispositivos sensores que monitoram o ambiente (sensor de temperatura, por exemplo), dispositivos que controlam alguma informação sobre esse ambiente (por exemplo, ar-condicionado controlando a temperatura), celulares fornecendo mecanismos para que os usuários acessem dados e controlem o ambiente e outros dispositivos computacionais presentes na Internet.

Na Internet das Coisas, é possível combinar esses dispositivos conectados com sistemas automatizados e tomar decisões inteligentes, baseadas nas preferências de cada usuário ou em informações históricas de uso do sistema. Isso acontece porque os dispositivos presentes na IoT geram uma grande quantidade de dados e fornecem uma visão individualizada de cada usuário.

Essa capacidade da IoT de monitorar um ambiente e tomar decisões inteligentes baseadas nos dados coletados permite que decisões possam ser tomadas de forma individualizadas. Por exemplo, as preferências de um usuário em uma residência podem ser monitoradas pelo sistema, e adaptadas para cada usuário de forma individual.

Internet das Coisas nas academias

Nas academias, sensores presentes nos equipamentos e nos dispositivos vestíveis de cada usuário(relógios e pulseiras inteligentes) fornecem uma visão geral sobre como o usuário está executando seus treinos. Esses dispositivos monitoram e fornecem informações sobre a qualidade do treino, permitem que os treinadores e gestores possam prescrever treinos mais individualizados, permitindo que os alunos atinjam seus objetivos de forma mais eficiente.

As principais contribuições da IoT para as academias de ginástica estão relacionadas duas questões principais: i. capacidade de aproximar alunos, professores e gestores; e ii. detectar e apresentar as informações de forma a otimizar o treino e melhorar a percepção de resultados por parte dos alunos.

A jornada de treinos e a Internet das Coisas

A jornada de treino em uma academia que utiliza a IoT começa quando o professor prescreve o treino para um aluno utilizando algum sistema de prescrição de treinos. O aluno imediatamente recebe esse treino no seu celular e é capaz de acessar todas as informações de exercício, carga, intensidade e duração de treino prescritos pelo professor.

Na execução dos treinos diários, os dispositivos computacionais presentes no ambiente (esteiras, aparelhos, relógios e pulseiras) monitoram todos os indicadores de treino e fornecem uma visão geral sobre o treino. Esses indicadores variam desde dados coletados pelos equipamentos, como carga, repetições e intensidade, como também dados sobre o aluno, como frequência cardíaca instantânea e faixa de frequência. Ao concluir um treino, a percepção de esforço atribuída ao treino pelo aluno, como também todos os dados coletados são enviados automaticamente para serem analisados.

Algoritmos construídos especificamente para processar dados de treinos geram informação útil para professores tomarem decisões sobre como melhor atender as expectativas daquele aluno, como também fornecem uma visão sobre a evolução dos alunos. Essas informações são utilizadas pelos professores para o acompanhamento do aluno e pelos gestores para melhorar o ambiente geral da academia.

Acompanhamento do progresso a partir dos dados coletados pelos dispositivos IoT

Com o passar do tempo, cada aluno possui informações referentes a evolução de indicadores pessoais e de capacidade de treino. Com base nesse histórico, o aluno pode visualizar a evolução de indicadores de saúde como o Índice de Massa Corporal ou % de gordura, como também evolução da capacidade aeróbica ou força de membros inferiores e membros superiores.

As informações individualizadas podem ser repassadas para os equipamentos de ginástica conectados que se configuram para o treino do aluno. Por exemplo, os equipamentos podem servir como treinadores virtuais nas esteiras ou para guiar a execução de algum exercício em um equipamento com tela.

O ciclo de coleta do dados de treinos, processamento por algoritmos especializados e uso das informações de forma individualizada para maximizar a qualidade do treino impulsionar a obtenção de melhores resultados pelos alunos.

Por parte dos gestores, esse ciclo inteligente permite que ações possam ser tomadas para melhorar o ambiente geral da academia, como, por exemplo, identificar lugares da academia muito congestionados através de um mapa de calor dos usuários.

Conclusão

A Internet das Coisas representa atualmente uma onda tecnológica que está alterando a forma como utilizamos a computação e revolucionando como os negócios resolvem seus problemas. Ela permite que dispositivos computacionais monitorem e coletem dados sobre o ambiente, algoritmos especializados processem esses dados e gerem informações que podem ser utilizadas para aumentar a eficiência de algum serviço prestado.

Para as academias de ginástica, a IoT emerge como uma importante ferramenta para monitoramento dos usuários e dos treinos. Os dados gerados por equipamentos especializados permitem que professores monitorem seus alunos, entendam a qualidade de execução do treino e permitam que ações individualizadas possam ser tomadas para maximizar os objetivos atingidos. No final, a IoT é um mecanismo de engajamento para alunos e professores.

Para os gestores, esses dados podem ser utilizados para mostrar uma visão geral de satisfação dos alunos, identificar pontos de melhoria em cada academia e apontar ações para melhorar os serviços sendo oferecidos aos alunos.

Na We Care.Fitness criamos o conceito da e-Academia, ou seja, a academia conectada. Nossa solução para acompanhamento da jornada dos usuários utiliza a Internet das Coisas para melhorar a experiência nos treinos e o cuidado com os alunos. Caso queira bater um papo conosco para tirar dúvidas ou saber mais sobre o assunto, entra em contato com nossa equipe, será um prazer conversar com você!

Deixe um comentário

Sair da versão mobile